Como cuidar da sua saúde mental na pandemia

saúde mental

Como cuidar da sua saúde mental na pandemia?

Pensando em tempos atrás, quando ninguém sonhava que poderia existir uma pandemia, a saúde mental já era amplamente discutida. Em todas as camadas sociais, científicas e econômicas se ouviam problemas relativos a saúde mental dos indivíduos.

Sejam pela alta carga horária de trabalho, ou a mudança de cidade que trouxe na bagagem as dificuldades de adaptação. Ou também pelas relações prejudiciais e fúteis que existem em nosso mundo moderno.

A batalha para se manter leve e com uma boa saúde mental, começaram a ser pensadas como prioridades para muitos seres humanos antes da pandemia. Imagina agora…

Preserve a sua saúde mental

A maior das incertezas de futuro nem tocou a campainha e já veio derrubando a porta, entrando em casas de todo o mundo, sem trégua nem piedade. Além disso, o isolamento social e as medidas restritivas, geram uma desestruturação de rotina que qualquer mente saudável pode acabar colapsando.

Do cidadão sem seu emprego, ao executivo que hoje atua no home office. Do indivíduo que mora sozinho na sua residência, ao casal com filhos… Problemas com a saúde mental podem estar presente em qualquer lugar, em qualquer pessoa.

Veja como é importante a saúde mental, neste vídeo com o apelo de Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS):

Mas agora chega de verdades preocupantes e insinuações de rotinas estressantes, vamos dar um jeito de pensar positivo em meio a isso tudo!

A importância de uma boa saúde mental

Pense mais em você, comece a dar mais atenção aos fatores emocionais e psicológicos, sua saúde mental é importante. Você precisa saber que os desequilíbrios emocionais e psicológicos deixam o nosso sistema imunológico abalado.

Com algumas atitudes bem simples realizadas em seu cotidiano, você vai começar a se sentir mais leve e equilibrado. Os resultados virão a longo tempo, mas irão refletir muito em disposição, bem-estar, energia e satisfação pessoal.

Uma mudança de hábitos pode ocasionar uma melhora significativa em sua qualidade de vida. Experimente!

Uma mudança dentro de você!

A primeira mudança de hábito, ocorre dentro de você. Todos nós temos nossos problemas, e por vezes muitas pessoas guardam o que devem falar.

Um bom começo é evitar guardar os seus problemas, expresse aquilo que você sente. Converse com alguém próximo a você, ou faça uma consulta com um psicólogo, é ótimo ter com quem dividir o que você sente e vive.

Não é uma pessoa muito de abrir?! Expresse o que você sente de outra forma. Procure um hobby em que você consiga manifestar sua emoções. Pinte, cante, comece a tocar um instrumento, escreva, só não pode guardar tudo dentro de si, faz bem se abrir.

Lembrando, uma postura otimista frente as adversidades da vida, te ajudará a manter o equilíbrio. Pensamentos positivos fazem você ficar mais seguro e confiante, evitando tensões que geram a sobrecarrega do seu organismo, liberando hormônios do estresse e do cansaço.

Atividades físicas indoor

Agora está sendo aconselhado a não praticar atividades físicas de forma outdoor, ou seja, fora de casa. O indoor, dentro de casa, é o meio mais aconselhável agora na pandemia. Então darei alguma dicas de atividades que você pode fazer na sua casa, de forma segura.

Exercícios simples como agachamento, pular corda, flexões de braço, ou um aquecimento leve, já podem melhorar a sua saúde mental. Pode optar por soluções mais espirituais em suas atividades físicas, exercitando mente e corpo, como o yoga ou a meditação, para tentar alcançar sua paz interior.

Muito bom se exercitar para ocupar a mente e obter satisfação física e mental. Realizar atividades físicas regularmente, são capazes de prevenir a depressão, o câncer e doenças cardíacas, sendo um bom remédio natural, com efeito poderoso no funcionamento saudável do seu cérebro.

Apenas por desencargo de consciência, não exagere em nada e busque entender suas limitações físicas, caso sinta dor, procure um médico!

Caso queira ampliar ainda mais seu conhecimento sobre o tema, leia as Recomendações Gerais do Ministério da Saúde, o “Saúde Mental e Atenção Psicossocial na Pandemia Covid-19”.

Espero que tenha gostado, nos vemos em outro artigo

0